Thursday, June 7, 2007

I know it's over

Jeff Buckley, foi uma das maiores promessas musicais dos anos 90. Aclamado pelo seu album de estreia, Grace (1994), e considerado pela crítica o artista mais promissor da sua geração. A arte de Buckley continua ainda hoje a ser verdadeiramente eplendorosa. Buckley consegue arrepiar com o seu tom de voz assombroso e transmitir um sem número de sensações com as suas músicas.
Como se isso não bastasse era também um artista versátil pois o seu registo músical oscilava amplamente desde rock clássico (estilo Led Zepelin) a Édith Piaf.

A sua música mais conhecida será Hallelujah, adaptada da original de Leonard Cohen. Essa é também uma música que aconselho vivamente mas optei por não trazer essa (precisamente por ser a mais conhecida) e tentar dar a conhecer um pouco mais deste que foi e será sempre um grande senhor.


Sem dúvida um dos grandes diamantes em bruto do mundo da música que jamais será lapidado e trazido ao seu esplendor máximo.

I know it's Over, originalmente interpretada pelos The Smiths mas que é (na minha opinião) muito mais poderosa nas "mãos" de Buckley. A versão que conheço é ao vivo, mas isso seria quase impercéptivel não fosse a ovação do público no início e no fim da música (mas só após ele agradecer e dar por finalizada a música) , tal foi o respeito e o sentimento que esta música transmitiu.

Oh Mother, I can feel the soil falling over my head
And as I climb into an empty bed - oh well, enough said
I know it's over still I cling, I don't know where else I can go

Over and over...

Oh Mother, I can feel the soil falling over my head
See the sea wants to take me, the knife wants to slit me
Do you think you can help me
Sad veiled bride please be happy - handsome groom give her room
Loud loutish lover treat her kindly though she needs you
More than she loves you - and I know it's over - still I cling
I don't know where else I can go - over and over...

I know it's over and it never really began but in my heart it was so real
And she even spoke to me and said
"If you're so funny, then why are you on your own tonight?"
"And if you're so clever then why are you on your own tonight?"
"And if you're so very entertaining then why are you on your own tonight?"
"And if you're so very good looking, then why do you sleep alone tonight"
I know - because tonight is just like any other night - that's why you're on your own tonight
With your triumphs and your charms - while they're in each other's arms
It's so easy to laugh, it's so easy to hate, it takes strength to be gentle and kind - over and over....
It's so easy to laugh, it's so easy to hate, it takes guts to be gentle and kind - over and over....

Love is natural and real - but not for you my love, not tonight my love
Love is natural and real - but not for such as you and I my love

Oh mother the soil falling over my head Ohhh ohhhh
Oh mother the soil falling over my head Ohhh ohhhh
Oh mother the soil falling over my head!

Esta música que, olhando para a letra, parece desorganizada e "feia" devido à sua estrutura métrica e estrófica inconstante (a divisão fi-la eu próprio pois é dificil separar alguns versos nesta música) é na realidade uma obra poderosíssima que, aliada à voz etérea de Jeff Buckley me causa arrepios sempre que a ouço com atenção (até porque me consigo identificar com ela nalgumas partes).

Não é aconselhável a audição durante fases de ligeira (ou profunda) depressão correndo o risco de nos fazer sentir ainda mais "miseráveis" (talvez por nessas alturas mais frágeis nos conseguirmos identificar com o sujeito da canção).
Mas que sabe bem ouvi-la, lá isso sabe!

Jeff Buckley, até sempre!


13bly


1 comment:

Daisuke said...

Como faço para ouvir essa música? Só conheço a versão original!